APOIO/PATROCÍNIOS

APOIO/PATROCÍNIOS

quinta-feira, 22 de março de 2018

ESTÁGIO CASTANHEIRA DE PÊRA


No passado fim-de-semana estive na Castanheira de Pêra, num estágio, em fantástico convívio. Isso só é possível quando o grupo em causa é brilhante nas relações sociais. A partilha de conhecimento foi um ponto alto, sem esquecer os diversos momentos de boa disposição.

Obrigado a todos, mas sobretudo à Rita pelo apoio e fotografias.












sábado, 24 de fevereiro de 2018

SWEDEMAN EM NÚMEROS

3.8 kms 🏊
205 kms 🚴
42 kms 🏃

39 nacionalidades
238 homens
15 mulheres

Lista de inscritos: http://bit.ly/2DqanGw 



domingo, 11 de fevereiro de 2018

REPORTAGEM NO JORNAL DIÁRIO AS BEIRAS

Pequena reportagem no jornal Diário as Beiras.

 Apenas uma pequena corrigenda: eu não sou atleta do Ginásio Clube Figueirense, mas sim da Ironconde Triathlon Academy


domingo, 4 de fevereiro de 2018

2018 EM PROSPECTIVA

Se tudo decorrer como previsto, e salvo pequenas alterações, o calendário para este ano será o seguinte:

06 Maio: Douro Granfondo
11 Agosto: Swedeman (distância Ironman na Suécia)
01 Setembro: Janosik (distância Ironman na Eslováquia)
Setembro (data a definir) : N2 - Chaves-Faro (738 kms directos)

Quem alinha a fazer a N2 ou parte dela? Oportunamente indicarei percurso, locais e tempos de passagem.


JÁNOŠÍK EXTREME TRIATHLON

Outra das minhas tarefas para este ano será a participação no Ironman Janosik, prova que integra o XTRI World Tour. Trata-se de uma prova, realizada na Eslováquia, que se diferencia das outras por ser quase toda ela feita de noite. Com partida às 00:00 horas, tem uma natação realizada de noite, bem assim como o percurso de ciclismo, já a corrida é toda ela feita em montanha, com 3000 metros de acumulado, terminando aos 1524 metros em Chleb.


sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

SWEDEMAN EXTREME TRIATHLON

2018 será ano de Ironman na Suécia - Swedeman, a prova do género mais a norte do planeta, e que faz parte do Tour Extreme Triathlon, inicialmente composto pelo Norseman (Noruega), Swissman (Suíça), e Celtman (Escócia), e agora estendido ao Swedeman, Janosik (Eslováquia), Alaskaman (Alaska, EUA), Canadaman (Canadá), estando ainda previsto para 2018, a integração de mais três provas, em Itália, Espanha e Patagónia.

Será mais um desafio de extrema dureza, onde não faltará água fria, um ciclismo difícil de 205 kms, e uma montanha para trepar com 2600 metros de acumulado.

Com toda a logística montada, resta-me dar início aos treinos, uma vez mais com o apoio do Paulo Conde da Ironconde Triathlon Academy.

Linha de meta no topo de Areskutan